Bem vindo ao site do STRUP

AOS TRABALHADORES DA CARRIS, CARRISBUS E CARRISTUR

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
carrisbuscarristur

scroll back to top
Actualizado em Terça, 14 Julho 2015 10:51
 

AOS TRABALHADORES DO SECTOR DOS TÁXIS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
scroll back to top
Actualizado em Quinta, 11 Junho 2015 22:26
 

A TODOS OS TRABALHADORES DOS TRANSPORTES

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

ATENÇÃO MUITO IMPORTANTE

PETIÇÃO

ASSINA E DIVULGA

Camaradas

Enviamos em anexo petição contra a privatização do Metro, Carris, Transtejo e Soflusa.

Todos nos devemos empenhar na recolha das assinaturas

Está “online” em: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT76797

Bom trabalho

OBRIGADO, camaradas e amigos

scroll back to top
Actualizado em Segunda, 13 Abril 2015 14:26
 

AOS TRABALHADORES DA TST

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

QUANDO UMA ADMINISTRAÇÃO ENXOVALHA OS SEUS TRABALHADORES

Tomamos conhecimento de que estão a ocorrer desmaios de utentes, nos autocarros que a TST tem ao serviço das praias.

Já em anos anteriores se tinham verificado situações semelhantes. Tudo isto acontece porque os autocarros adquiridos pela empresa apenas estão preparados para o clima dos países de origem e só quando chegados a Portugal é instalado em alguns o respetivo ar condicionado.

A empresa questionada sobre este problema, omitiu a verdade e descarregou em cima dos motoristas a responsabilidade dessas ocorrências declarando que o não funcionamento do ar condicionado se deve ao esquecimento da sua ligação por parte dos motoristas

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Terça, 02 Junho 2015 14:22
 

AOS TRABALHADORES DA PATINTER

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

PLENÁRIO DE TRABALHADORES DA PATINTER
10 Abril 2015

Resolução

Considerando que:

1. Os trabalhadores da Patinter,Sa não têm aumentos salariais há mais de 10 anos, o que significa que hoje, o seu rendimento disponível é menor;

2. A prática de pagamento ao quilómetro é injusta e penalizadora para os trabalhadores, já que, quando estão parados não recebem, tendo que suportar do seu bolso as despesas inerentes ao facto de estarem deslocados;

3. Apesar da obrigação legal de promover acções de formação, com a duração de 35 horas semanais, a mesma não está a ser cumprida, não se incluindo neste período a formação para o CAM-CQM;

scroll back to top
Actualizado em Sábado, 11 Abril 2015 10:15 Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 3
Faixa publicitária

Autenticação


Utilizadores on-line

Temos 4 visitantes em linha

DESTAQUES FECTRANS

Trabalhadores do ML usam, novamente, o seu direito à greve na defesa do serviço público para os utentes
Novamente os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa estão em luta, na forma de greve, contra a privatização da empresa que será ruinosa para o País, já que este vai pagar mais do que paga hoje pelo serviço público e que colocará os interesses do lucro dos privados à frente dos interesses dos utentes.

DESTAQUES CGTP-IN

Espreitar a lancheira não é prevenção
O SITE SUL e os trabalhadores das empresas Evertis e Selenis, em Portalegre, decidiram promover um abaixo-assinado repudiando a actitude da empresa de apresentar regulamento de alcoolemia em que uma das medidas de "prevenção" deste problema é a "espreitadela nas lancheiras". O consumo/dependência do álcool em meio laboral é, fundamentalmente, um problema de saúde e, como tal, só pode ser abordado no âmbito das políticas de prevenção dos riscos profissionais e dos programas de promoção da saúde no trabalho.
AR debate petição “Pelo direito ao emprego e à protecção social no desemprego”
No dia em que a Assembleia da República aprecia, em sessão plenária, a petição “Pelo direito ao emprego e à protecção social no desemprego” que foi assinada por mais de 27 mil trabalhadores, a CGTP-IN tornou público um estudo sobre esta questão. Os dados, factos e números constituem um libelo acusatório contra a política de direita, que não podem deixar de merecer a devida atenção de todos quantos se batem por uma alternativa política que valorize o trabalho, dignifique os trabalhadores, promova a justiça social e garanta o desenvolvimento do país.

..:: Protocolos STRUP ::..